terça-feira, 8 de maio de 2018

Como Fazer Lençol de Elástico – Passo a Passo



Materiais necessários

  • Tecido
  • Linha
  • Máquina de costura
  • Tesoura
  • Caneta para tecido
  • Fita métrica
  • Ferro de passar
  • Alfinetes
  • Elástico
Passo a passo

Meça o seu colchão

1. Meça a altura, a largura e o comprimento do colchão para chegar nas medidas do lençol. Para a largura do lençol: multiplique a altura por dois e adicione a largura do colchão. Para o comprimento do lençol: multiplique a altura por dois e adicione o comprimento do colchão.

Corte  o tecido

2. Corte o tecido no tamanho certo, de acordo com as contas que você fez.
3. Dobre o tecido ao meio por duas vezes, unindo as quatro pontas dele.
4. Marque, próximo às pontas do tecido, as medidas referentes à metade da largura e à metade do comprimento do colchão. Faça um quadrado de acordo com essas medidas para facilitar o corte. Corte as 4 pontas do tecido de acordo com as marcações.
5. Abra o tecido, que ficará como na imagem a seguir.
como fazer lençol de eslástico

Costure as pontas do tecido

6. Com o ponto zigue-zague, costure a barra de todo o tecido para evitar que ele desfie.
7. Agora, una direito com direito de cada uma das pontas do tecido e costure-as.
Dica: Dê arremate no início e no fim da costura para que ela fique firme.
como fazer lençol de eslástico

Insira o elástico

8. Dobre as bordas do lençol para dentro e passe-as com o ferro para criar um vinco. Se desejar, use uma cartolina para facilitar a dobra das bordas.
9. Prenda alfinetes nas bordas e costure-as deixando uma abertura para a inserção do elástico.
10. Prenda alfinetes nas bordas do elástico e passe-o por dentro da abertura do lençol.
11. Quando terminar de passar o elástico, costure as duas pontas dele entre si.
12. Feche a abertura do tecido.
passo a passo de como fazer lençol de eslático
Pronto! Você já aprendeu como fazer lençol de elástico. Como você viu, ele pode ser feito com um tecido à sua escolha ou até mesmo usando um lençol sem elástico nas medidas do seu colchão. Nesse último caso, remova a bainha do lençol sem elástico e siga o passo a passo desse tutorial a partir do passo número 3.
como fazer lençol de elástico



quarta-feira, 24 de janeiro de 2018


Como Fazer um Agulheiro com Hexágonos de Tecido



Quem costura tecido ou feltro sabe que é muito fácil perder a agulha e os alfinetes de vista. Para resolver esse problema, vale super a pena investir em um agulheiro bem lindinho para deixar sua principal ferramenta de trabalho sempre à mão.
Pensando nisso, trouxemos uma dica sensacional para todas as artesãs. Nesse post vamos mostrar como fazer um agulheiro com hexágonos de tecido, isso mesmo, aqueles recortes mimosos feitos com pequenos retalhos de pano estão com tudo!

Materiais Necessários

Para esse projeto você vai precisar de 7 hexágonos feitos com tecidos estampados, eles juntinhos formam uma linda flor que enfeitará com capricho a almofadinha do agulheiro.
Para fazer a base você vai precisar de uma latinha reciclada. Quer saber mais detalhes? Então veja a lista completa de materiais e o passo a passo.
  • Latinha de aproximadamente 8 centímetros de diâmetro (pode ser tampa de pote de vidro ou latinha de doce)
  • Tecido de algodão para fazer a almofada
  • 7 recortes de tecido colorido de aproximadamente 5 cm x 5 cm
  • Cartolina
  • Molde de hexágono ou cortador nesse formato
  • Linha e agulha
  • Enchimento 
  • Cola de artesanato ou cola pano

Passo a Passo

Separamos esse tutorial em duas partes. Na primeira parte você vai ver a confecção dos hexágonos de tecido, na segunda, verá o passo a passo da almofadinha e o acabamento do agulheiro.
Se você já sabe fazer os hexágonos, vá direto para a segunda parte. Se ainda não sabe, aproveite para aprender essa dica que serve muito bem para reaproveitar retalhos de tecidos e confeccionar uma infinidade de peças.

Parte 1: Flor de Hexágonos

1. Corte na cartolina 7 hexágonos do mesmo tamanho. Já no tecido, deixe pelo menos 0,6 cm de sobra em cada lado.
2. Encape o papel dobrando as bordas do tecido com a ajuda de um clips. Depois, faça um ponto simples em cada ponta da peça para dar ao tecido o mesmo formato do papel.



3. Agora retire o papel de dentro do tecido, ele sai com facilidade pois não foi costurado, só serviu de molde.


4. Coloque um hexágono sobre o outro para começar a fazer a junção do patchwork, o lado com a costura deve ficar para fora. Escolha um dos lados do hexágono e passe uma costura simples e firme o suficiente para unir as duas peças. Obs.: Quanto menor o ponto, menos a costura aparecerá do lado direito do trabalho. 
5. Junte os outros 5 hexágonos até formar a flor, ela vai ficar como na foto abaixo. Lembre-se de que a flor deve ficar um pouco menor do que o diâmetro da latinha.

Parte 2: Almofada e Acabamento

6. Para fazer a frente da almofada, corte um círculo de tecido com cerca de 10 cm de diâmetro (ou de acordo com o tamanho da lata que você for usar). Para fazer o fundo precisaremos de duas metades, ou seja, um círculo cortado ao meio. Deixe uma sobra de 1 cm no centro de cada metade. Dobre essa sobra para dentro para fazer o acabamento da parte inferior.
7. Alfinete as partes da almofadinha com o avesso para fora, faça a costura deixando a abertura na parte inferior. Vire a peça e coloque o enchimento. Depois, cole a almofada na latinha e, por cima, a flor de hexágono que foi ensinada no começo desse passo a passo.
Depois de seguir as instruções, veja só como o agulheiro fica lindo…

Agora é só colocar esse lindo objeto no seu ateliê para ter agulhas e alfinetes organizados em um só lugar e prontos para serem usados. Se você gostou de aprender a fazer esse lindo agulheiro com hexágonos de tecido, deixe um recadinho pra gente.
Um abraço e até a próxima dica…





Todos os dias eu recebo e-mail de pessoas do mundo inteiro que tem vontade de começar a costurar suas próprias roupas, eles procuram dicas de costura para iniciantes. Algumas pessoas querem apenas um hobby, uma terapia. Outras pessoas buscam uma forma de expressão, querem costurar o mundo que vive em sua cabeça e coração. Outras pessoas procuram uma profissão, são pessoas que normalmente tem um sonho e querem transformar ele em projeto nesse exato momento!

Para todas essas pessoas eu tenho 6 dicas que vão fazer toda a diferença em seus caminhos!



1- Tenha paciência
Decidi colocar essa dica em primeiro lugar porque a paciência tem que andar de mãos dadas com a costura sempre. É por isso que muitas pessoas usam essa técnica para desacelerar e como terapia.
Mas eu quero principalmente falar sobre ter paciência com os erros. É comum a gente errar bastante, e isso não é privilégio dos iniciantes. Mas vejo por aqui algumas pessoas que se irritam por não conseguir deixar uma peça perfeita de primeira. A costura, assim como outras habilidades, é uma mistura de esforço, treino e paciência. Se você unir esses três, em bem pouco tempo vai poder se orgulhar de suas peças, acabamentos e técnicas. Acredite em você!

2- Conheça e participe dos grupos de costura do Facebook
Eles são uma perdição, dá para passar muito tempo vendo e revendo dicas de pessoas reais, costureiras cheias de experiência e gente de bom coração querendo ajudar. Você pode fazer perguntas, mas o mais legal é que às vezes acaba aprendendo com perguntas dos outros, coisas que você nem sabia que queria aprender… hahaha

3 –  Tenha um lugar específico para costurar
E todos os seus materiais a mão. É muito mais estimulante e produtivo costurar em um ambiente organizado e otimizado. E se você puder deixar ele lindo e aconchegante com aqueles detalhes que fazem bem aos olhos e ao coração, fica ainda melhor.
4- conheça e frequente uma loja de retalho de tecidos
Sempre dou essa dica. É uma delícia passear com uma peça de roupa costurada pela gente, mas se a matéria prima custar somente R$ 5,00 por exemplo, o valor dessa peça vai ser ainda maior! Pelo menos assim funcionam as coisas para mim.
Sem falar que costurar com retalhos é uma forma de cuidar um pouco mais de nossa sustentabilidade!

5- ACESSÓRIOS BÁSICOS:
Aqui vou listar alguns acessórios básicos para você comprar e fazer seu primeiro estoque de costureira:
– Tecidos: Ao escolher um tecido eu sempre faço assim: escolho o tecido principal e levo mais dois que tenham haver com aquele primeiro. Faço isso pois tem muita gente que vai comprando muito o tecido principal e se esquece dos outros. Tente comprar como os tecidos segundários poás (aqueles de bolinhas), xadrez, listrado, liso..
– Cortador: Toda costureira que faz patchwork vai precisar de um cortador circular. Esse cortador tem de vários tamanhos, como vai ser sua primeira compra, sugiro o de 45mm – cuidado! Esse cortador é muito afiado. Não o deixe aberto e longe das crianças.
– Base de corte: Como você comprou um cortador circular, você vai precisar de uma base de corte para poder passar o cortador, pois como ele é muito afiado, vai precisar de uma base para usá-lo.
– Tesoura: Uma tesoura sempre é necessário.. mas essa tesoura deve ter um bom corte e não utilize essa mesma tesoura para cortar outras coisas que não sejam tecidos para não perder o corte.
– Giz: Esse giz serve para você riscar o que vai cortar. Tem gente que usa caneta, mas dependendo da peça, se usar a caneta não vai sair. Giz normal sai com a lavagem, mas também existe no mercado giz de água que sai com água passada com cotonete.
– Régua: Você vai precisar de uma régua para patchwork.. ela tem muitas marcações diversas que vão te ajudar na hora de riscar os tecidos.
– Linha: A linha sugiro que você compre uma preta e branca de início, que são as cores mais usadas. Algumas pessoas utilizam carretel de linha tradicional, aquele pequeno que todas nós conhecemos. Outras, já utilizam de cones grandes pois a linha acaba muito rápido a de carretel pequeno.
– Abridor de casas: Ele serve para você desfazer aquela costura errada facilmente.
– Alfinetes: Recomendo que você utilize o famoso alfinete de flor.. ele ajuda a quando você alfinetar um tecido e colocar a régua por cima, a régua não deslizar fácil como se usasse um alfinete normal com a cabeça arredondada.
– Bobina: Para cada linha que você usar, vai precisar de uma bobina diferente, pois não podemos misturar as linhas na mesma bobina. Então deve comprar uma bobina para cada linha que comprar.

6 – Não tenha medo de parecer ridículo 
Essa dica vale para a costura, mas vale muito mais para a vida! Quantas vezes você deixou de realizar alguma coisa por medo de parecer ridículo? Por medo de não agradar os outros? Por medo de fracassar?
Quer saber? Todo mundo sente esse sentimento. A diferença é que uns encaram e outros se escondem atrás de várias desculpas. Em que time você está?
E mais uma vez, muito obrigada meus amigos, é uma delícia aprender a costurar todos os dias!

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Moldes prontos para Blazer masculino manga alfaiate 02 folhas
Tamanhos P - M - G - GG
R$180,00

Tel: (31) 99108-7732 Whatsapp / Paulo
(31) 3374-8808 Escritorio

Belo Horizonte - MG